Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-Estar

Distúrbios do sono causam arritmia e podem prejudicar o organismo

Alteração é maior em indivíduos que não conseguem descansar durante a noite


Entre todos os distúrbios do organismo causados por problemas do sono, um dos mais perigosos é a arritmia cardíaca. Possível causadora de consequências cardiovasculares graves e situações emergenciais, essa moléstia é maior em indivíduos que não conseguem descansar à noite ou têm uma qualidade de sono insatisfatória.

A arritmia consiste na alteração ou na inconstância dos batimentos cardíacos. Eles podem tanto ficar acelerados, o que é chamado de taquicardia, quanto mais lentos, nesse caso a bradicardia. A presença de arritmias cardíacas é fator de risco para diversas atividades e deve ser observada de perto. Quem não dorme com qualidade, portanto, está arriscando a sua saúde sem precisar. 

Distúrbios do sono causam arritmia cardíaca e podem prejudicar o organismo - Foto: Getty ImagesDistúrbios do sono causam arritmia cardíaca e podem prejudicar o organismo

A arritmia é apenas um dos problemas cardiovasculares impulsionados pela deficiência no sono. Diversas outras doenças, como a hipertensão, por exemplo, têm associação com a quantidade insuficiente de horas de sono ou um repouso sem a qualidade necessária para recarregar as energias.

A médica e pesquisadora do sono Fernanda Haddad afirma que a arritmia tem duas implicações. "A primeira é que diminui a oxigenação dos pacientes durante a noite. O nível de oxigênio no sangue cai e é necessário esforço cardiovascular por conta da hipóxia. Além disso, durante a apneia, ocorre a ativação do sistema simpático, que, somado à hipóxia, causa as doenças cardiovasculares", afirma a pesquisadora.

Pacientes com apneia do sono podem ter arritmia cardíaca pois a respiração fica mais intensa por causa da obstrução nas vias respiratórias. Durante o sono dos portadores de apneia há uma reação de relaxamento da faringe, dificultando a passagem do ar, causando, no esforço para respirar, um aumento da pressão sanguínea. 

A obstrução das vias respiratórias faz com que o organismo use uma camada extra de força para que o ar chegue até o pulmão. Por isso, pacientes com históricos de problemas cardíacos devem se preocupar ainda mais a qualidade do sono.

A fim de evitar a arritmia, os indivíduos devem tomar alguns cuidados. O primeiro é observar as horas de sono necessárias para o perfeito descanso do organismo. Além disso, é importante saber que a má qualidade do repousar é tão ruim para o organismo quanto a privação do mesmo.  


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Copyright 2008 Yahoo! Todos os direitos reservados