Amebíase

Visão Geral

O que é Amebíase?

A amebíase é uma infecção do intestino causada pelo parasita Entamoeba histolytica.

Sinônimos

Disenteria amebiana, disenteria amébica

Causas

A entamoeba histolytica pode viver no intestino grosso (cólon), sem causar doença. No entanto, às vezes, ela invade a parede do cólon, causando colite, disenteria aguda ou diarreia constante (crônica). A infecção também pode se espalhar através do sangue para o fígado e, raramente, para os pulmões, cérebro ou outros órgãos.

A amebíase ocorre em todo o mundo, mas é mais comum em áreas tropicais com alta concentração populacional e falta de saneamento. África, México, partes da América do Sul e Índia têm problemas de saúde significativos associados à amebíase.

A entamoeba histolytica é transmitida através de alimentos ou água contaminados com fezes. Essa contaminação é comum quando dejetos humanos são usados como fertilizante. Também pode ser transmitida de pessoa para pessoa - especialmente pelo contato com a boca ou área retal de uma pessoa infectada.

Fatores de risco para amebíase grave incluem:

  • Alcoolismo
  • Câncer
  • Desnutrição
  • Idade infantil ou idade avançada
  • Gravidez
  • Viagem recente a uma região tropical
  • Uso de corticoide para inibir o sistema imunológico

Nos Estados Unidos, a amebíase é mais comum entre aqueles que vivem em instituições e em pessoas que praticam sexo anal.

Exames

Um exame do abdômen pode acusar um aumento do volume do fígado ou sensibilidade na região abdominal.

Exames do diagnóstico da amebíase incluem:

  • Exame de sangue para amebíase
  • Exame da parte inferior do intestino grosso (sigmoidoscopia)
  • Exame microscópico de amostras de fezes, geralmente dentro de um período de vários dias

Sintomas

Sintomas de Amebíase

A maioria das pessoas com essa infecção não apresenta sintomas para a amebíase. Quando aparecem sintomas, eles são vistos de 7 a 10 dias após a exposição ao parasita.

Sintomas leves da amebíase incluem:

  • Cólicas abdominais
  • Evacuação de 3 a 8 fezes semiformadas por dia
  • Evacuação de fezes pastosas com muco e sangue ocasional
  • Fadiga
  • Gases em excesso
  • Dor retal durante evacuação (tenesmo)
  • Perda de peso involuntária

Sintomas graves da amebíase:

  • Sensibilidade abdominal
  • Evacuação de fezes líquidas, às vezes com sangue
  • Evacuação de 10 a 20 fezes por dia
  • Febre
  • Vômitos

Buscando ajuda médica

Ligue para o médico se tiver diarreia persistente.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Amebíase

O tratamento depende da gravidade da infecção. Geralmente, é administrado metronidazol por via oral por 10 dias.

Se apresentar vômito, pode ser preciso administrar medicamentos através da veia (via intravenosa), até que possa tomá-los por via oral. Medicamentos antidiarreicos geralmente não são prescritos porque podem piorar o quadro.

Após o tratamento da amebíase, as fezes devem ser reexaminadas para se ter certeza de que a infecção foi eliminada.

Convivendo (prognóstico)

Expectativas

O resultado é geralmente bom com o tratamento. Geralmente, a amebíase dura cerca de duas semanas, mas poderá voltar se não for tratada.

Complicações possíveis

  • Abscesso hepático
  • Efeitos colaterais dos medicamentos, incluindo náusea
  • Disseminação do parasita através do sangue para o fígado, pulmões, cérebro ou outros órgãos

Prevenção

Prevenção

Quando viajar para países tropicais onde haja falta de saneamento, beba água purificada ou fervida e não coma vegetais crus ou frutas com casca. Medidas de saúde pública incluem a purificação da água, cloração da água e os programas de tratamento de esgoto.

Medidas de sexo seguro, como o uso de preservativos e barreiras bucais para proteção no contato oral ou anal, podem ajudar a evitar infecções.

Fontes e referências

  • Schuster FL, Glaser CA. Amebiasis. In: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2007:chap 373.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não
;
Copyright 2008 Yahoo! Todos os direitos reservados