Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-Estar

O que é Estenose aórtica?

Sinônimos: Estenose da válvula aórtica

A aorta é a principal artéria que bombeia sangue do coração. Ao sair do coração, o sangue flui através da válvula aórtica para o interior da aorta. Na estenose aórtica, a válvula aórtica não abre completamente. Isso reduz o fluxo de sangue que sai do coração.

Causas

À medida que a válvula aórtica torna-se mais estreita, a pressão aumenta no interior do ventrículo esquerdo do coração. Isso faz com que o ventrículo esquerdo torne-se mais espesso, reduzindo o fluxo sanguíneo, o que pode causar dor no peito. À medida que a pressão aumenta, o sangue pode retornar aos pulmões, ocasionando falta de ar. Formas mais graves de estenose aórtica impedem que uma quantidade suficiente de sangue chegue ao cérebro e ao restante do corpo. Isso pode causar tonturas e desmaios.

A estenose aórtica pode estar presente desde o nascimento (congênita) ou pode se desenvolver ao longo da vida (adquirida). Crianças com estenose aórtica podem ter outros problemas congênitos.

Em adultos, a estenose aórtica ocorre mais comumente nos que tiveram febre reumática, uma condição que pode se desenvolver após uma faringite estreptocócica ou escarlatina. Problemas na válvula só se manifestam por 5 a 10 anos, ou mais, após a ocorrência da febre reumática. A febre reumática está cada vez mais rara nos Estados Unidos.

Apenas raramente, outros fatores levam à estenose aórtica em adultos. Entre eles estão depósitos de cálcio formados ao redor da válvula aórtica, tratamentos com radiação no tórax e alguns medicamentos.

A estenose aórtica não é comum. Acontece com mais frequência em homens do que em mulheres.

Exames

O médico poderá sentir a vibração ou movimento ao colocar a mão sobre o coração do paciente. Um sopro cardíaco, um clique, ou outro som anormal são quase sempre audíveis através do estetoscópio. Pode haver um pulso fraco ou mudanças na qualidade do pulso no pescoço (isso é chamado de pulso parvus et tardus).

Bebês e crianças com estenose aórtica podem se sentir extremamente cansados e apresentar sudorese, palidez, falta de ar e respiração ofegante. Elas também podem ser menores que outras crianças da mesma idade.

A pressão arterial pode ser baixa.

Os seguintes exames podem ser realizados:

  • Raios X do tórax
  • Ecocardiografia com doppler
  • Eletrocardiograma
  • Teste de esforço físico
  • Cateterização cardíaca esquerda
  • Ressonância magnética do coração
  • Ecocardiograma transesofágico (ETE)

Sintomas de Estenose aórtica

Pessoas com estenose aórtica podem não apresentar nenhum sintoma até um estágio mais avançado da doença. O diagnóstico pode ser dado quando o médico ouvir o sopro cardíaco e realizar exames adicionais.

Os sintomas de estenose aórtica incluem:

  • Falta de ar ao exercitarse
  • Sensação de esmagamento, constrição, aperto, pressão
  • A dor aumenta com exercícios e alivia com repouso
  • Dor sob o esterno, que pode irradiar para outras áreas
  • Desmaios, fraqueza, ou tonturas ao realizar atividades
  • Sensação de sentir as batidas do coração (palpitações)

Em bebês e crianças, os sintomas incluem:

  • Cansaço ou fadiga que ocorre mais facilmente do que em outras crianças ao realizar esforço (em casos leves)
  • Sérios problemas respiratórios no decorrer de dias ou semanas após o nascimento (em casos graves)

Crianças com estenose aórtica leve ou moderada podem piorar à medida que crescem.? Elas também correm o risco de desenvolver uma infecção cardíaca (endocardite bacteriana).

Buscando ajuda médica

Procure assistência médica caso você ou seu filho apresentem sintomas de estenose aórtica. Por exemplo, ligue se você ou seu filho sentirem as batidas do coração (palpitações) por mais do que um pequeno período de tempo.

Também entre em contato com o médico imediatamente se foi diagnosticado com este problema e os sintomas piorarem ou novos sintomas aparecerem.

Tratamento de Estenose aórtica

Se não houver sintomas, ou forem leves, o paciente precisará apenas ser monitorado por um médico.

Pacientes com estenose aórtica relevante são aconselhados a não praticar esportes competitivos, mesmo que não apresentem sintomas. Caso o paciente apresente sintomas, atividades extenuantes devem ser limitadas.

Medicamentos são usados para tratar sintomas de insuficiência cardíaca ou arritmias cardíacas (mais comumente fibrilação atrial). Esses medicamentos incluem diuréticos, nitratos e betabloqueadores. A hipertensão também deve ser tratada.

Antibióticos podem ser usados em alguns pacientes com estenose aórtica:

  • Pessoas que já tiveram febre reumática alguma vez podem precisar de um tratamento diário por um longo tempo com penicilina.
  • No passado, a maioria dos pacientes com problemas nas válvulas do coração, como estenose aórtica, era medicada com antibióticos antes de tratamentos dentários ou procedimentos invasivos, como colonoscopia. Os antibióticos eram dados para prevenir a infecção da válvula cardíaca danificada. Atualmente, os antibióticos são muito menos usados antes de tratamentos dentários ou outros procedimentos.

Os pacientes devem parar de fumar e controlar o colesterol alto.

Pessoas com estenose aórtica devem se consultar com o cardiologista a cada 3 a 6 meses.

A cirurgia para reparação ou substituição da válvula é o melhor tratamento para adultos ou crianças que desenvolvem os sintomas. Mesmo que os sintomas não sejam tão graves, o médico pode recomendar a cirurgia. Pessoas que não apresentam sintomas, mas que tiveram resultados preocupantes nos exames diagnósticos, também podem precisar de cirurgia.

Um procedimento menos invasivo chamado valvoplastia por balão pode ser realizado em crianças. Esse é um procedimento em que um balão é introduzido em uma artéria na virilha, levado até o coração e posicionado na válvula, onde é inflado. Isso pode aliviar o bloqueio causado pelo estreitamento da válvula.

Algumas crianças podem precisar de reparação ou substituição da válvula. Se possível, a válvula pulmonar pode ser usada para substituir a válvula aórtica.

Crianças com estenose aórtica leve podem participar da maioria das atividades e esportes.

Consulte também:

Expectativas

Sem a cirurgia, uma pessoa com estenose aórtica e angina ou sinais de insuficiência cardíaca poderá ficar bastante debilitada.

A estenose aórtica pode ser curada com cirurgia. Após a cirurgia, há risco de batimentos cardíacos irregulares, que podem causar morte súbita e coágulos sanguíneos, podendo resultar em um derrame. Há também risco de que a nova válvula pare de funcionar e precise ser substituída.

Complicações possíveis

  • Arritmias
  • Endocardite
  • Insuficiência cardíaca esquerda
  • Hipertrofia ventricular esquerda (dilatação) causada pela sobrecarga de empurrar o sangue pela válvula estreita

Prevenção

Trate infecções por estreptococo imediatamente para prevenir febre reumática, que pode causar a estenose aórtica. Este problema em si, muitas vezes, não pode ser evitado, mas algumas de suas complicações sim.

Siga as recomendações do médico para problemas que possam causar doença nas válvulas. Informe ao médico se há histórico familiar de doença cardíaca congênita.

Fontes e referências:

  • Otto CM, Bonow RO. Valvular heart disease. Zipes DP, Libby P, Bonow RO, Braunwald E, eds. Braunwald's Heart Disease: A Textbook of Cardiovascular Medicine. 8th ed. St. Louis, Mo: WB Saunders; 2007:chap 62.

  • Fullerton DA, Harken AH. Acquired heart disease: valvular. In: Townsend CM Jr., Beauchamp RD, Evers BM, et al., eds. Sabiston Textbook of Surgery. 18th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2007:chap 62.

  • Nishimura RA, Carabello BA, Faxon DP, et al. ACC/AHA 2008 guideline update on valvular heart disease: focused update on infective endocarditis: a report of the American College of Cardiology/American Heart Association Task Force on Practice Guidelines endorsed by the Society of Cardiovascular Anesthesiologists, Society for Cardiovascular Angiography and Interventions, and Society of Thoracic Surgeons. J Am Coll Cardiol. 2008;52(8):676-685.

  • Bonow RO, Carabello BA, Chatterjee K, de Leon AC Jr., Faxon DP, Freed MD, et al; 2006 Writing Committee Members; American College of Cardiology/American Heart Association Task Force. 2008 Focused update incorporated into the ACC/AHA 2006 guidelines for the management of patients with valvular heart disease: a report of the American College of Cardiology/American Heart Association Task Force on Practice Guidelines (Writing Committee to Revise the 1998 Guidelines for the Management of Patients with Valvular Heart Disease): endorsed by the Society of Cardiovascular Anesthesiologists, Society for Cardiovascular Angiography and Interventions, and Society of Thoracic Surgeons. Circulation. 2008;118:e523-e661.

  • Obstructive lesions. In: Park MK, ed. Pediatric Cardiology for Practitioners. 5th ed. St. Louis, Mo: Mosby Elsevier; 2008:chap 13.

ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

  • Encontre um médicoindicado por outras pessoas

    em

  • Indique um médicoe ajude outras pessoas

    Estado
    Qual o nome do seu médico?

Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Encontre médicos de confiança indicados por outras pessoas

buscar médicos

Pergunte ao Especialista sobre
estenose aórtica

Sua dúvida respondida por Especialistas Minha Vida perguntar

PUBLICIDADE

Descubra o seu Peso ideal Saiba se seu peso atual e sua meta de
peso
são saudáveis.
ex: 75,5kg / 1,70m
 
Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Copyright 2008 Yahoo! Todos os direitos reservados